sexta-feira, setembro 07, 2007

Porque há musicas que falam de...

7 comentários:

heresias consentidas disse...

Teu beijo

Ontem,
Quando de mim te despediste,
Naquela sala do "chat",
E me mandaste um beijo,
Eu te perguntei:
– Onde?
Sem querer,
Satisfizeste o meu desejo,
Quando disseste:
– Na tua boca!
Fechei os olhos e imaginei
Tal e qual me falaste.
Bateu forte o coração.
Meu Deus, que coisa louca!
Até senti o gosto da tua boca,
Quando, na imaginação
Me beijaste....
Tua boca, eu nem sabia
Que era assim, tão macia.
E o teu beijo tão molhado,
Demorado,
Fez um estrago em mim.
Ocupou meu pensamento
E eu fiquei todo tempo
Querendo
Outro beijo assim!


( por: C. Almeida Stella )

Gui disse...

Para que é que são precisas palavras, minha amiga? Um grande beijo do teu amigo que já tinha saudades tuas.

luar perdido disse...

Não há comentários. Simplesmente MAGNIFICO!
Entras a "matar" minha querida, parabens.
Beijo doce

Dark Angel disse...

Um dia, pensei em fazer um blog.
Mas não encontrei motivos... até sair do país por 6 meses.
Sei que há sempre alguem a ler o que escrevo.
Hoje e sem querer, encontrei um blog, que talvez seja por outra situação que tenha sido criado bastante interessante.
Gostei imenso dos teus textos...
Keep go on..

Um beijoblogado...

sempreteu disse...

...intensidade! Há musicas que falam de intensidade e que só se acham em pessoas que sentem como tu! Ouvir esta melodia e ler o teu texto, incita-me a desejar ser essa noite que te abraça e partilha a tua cama de rede!
beijo

igara disse...

Ena ena Sempreteu...isso de partilhar a cama de rede é mesmo para esquecer, é que tenho um mau dormir desgraçado, e se somarmos a isso o facto de eu enjoar com o balanço, torna impossivel o feito! Mas ainda bem que gostaste da musica...intensidade é uma boa palavra! :))))
Beijo recatado

alexia disse...

Ok...:))), acho que posso ser sincera e dizer que nem tive paciência para ouvir até ao fim:)). Há algumas musicas dentro do género que apesar de não ouvir com assiduidade me comovem e que me transportam para lugares fantásticos. Não é o caso desta...:))que honestamente não gostei! Ainda bem que estas coisas acontecem...já começava a achar que éramos almas gémeas:)))

Beijo