sexta-feira, julho 28, 2006

Invocação


“Nesta Noite em que te encerro,
no meu Ciclo Lunar,
Invoco-te Noite,
Invoco-te Lua,
Para que me faças tua,
Para que te possa encontrar!”


Nesta Noite em que te invoco,
E te busco ao pensamento,
Sei que chegarás errante,
Apesar de tão distante,
Com a Brisa, ou como o Vento

Nesta Noite em que te invoco,
E me visto do teu querer,
Sei que estarás nesse lado,
A Sentir o meu chamado
Atento ao que eu te disser!

Nesta Noite em que te invoco,
Fazendo das Estrelas Manto
Sei que vais sorver os beijos
E calarás mil desejos
Embalado no meu Canto!

Nesta Noite em que te invoco,
Espero calma a Madrugada
Sei que me terás Inteira,
Numa Entrega derradeira
Na Noite por mim Sonhada!

Nesta Noite em que te invoco,
Se em Silêncio me envolver,
Saberás que é o momento,
Pinta-me em teu pensamento
Pois nunca mais me irás ter!


23 comentários:

Pataininiti disse...

Ai mana ficou fantástico! A Noite, A Lua... Beijos salgadinhos.

PIRAMIDALLIS disse...

Oi Sô DOna Iga desaparecida como vai a menina??
K poema lindão... vou ler outra vez...

Beijinhos repenicados

Lucifer119 disse...

...:)))))))) Com uma invocação tão sensulamente vigorosa, não haverá entidade celeste que não se levante para assistir a essa deslumbrante entrega derradeira; os desejos e beijos nelas reflectidos em quanta de luz nos mostrarão quão fulgor emocionalmente ardente há nessa noite de última paixão!
Gostei!

Com um beijo

Spartacus-primeiro disse...

Igara, é um poema com muita força.
Gostei muito.
Continua...

PIRAMIDALLIS disse...

Igara quando me fazes uma visita?

Maria disse...

De um pouco de silêncio nortuno é que eu estava a precisar neste momento.

Tenho aqui um cromo que se lembrou de colocar música tipo brasileirada e espanholada que até curto mas para a night, não para trabalhar.... Estou a stressar....

Desculpa, mas nem sequer consegui concentrar-me no teu poema com a atenção que ele merecia.

Beijinhos.

Anónimo disse...

Amo-te, querida...Beijos.

PIRAMIDALLIS disse...

oh Igara este ultimo é de truz... mas porquê anónim?o k se baptize pelo menos dum nome k reconheças... só tu!!

:)

desculpa a intromissão

Maria disse...

Agora com mais calma.

Também és uma amante da noite e da magia que ela invoca...
Por isso é que tive de voltar para ler com atenção e deixar-me encantar pelo teu poema.

Beijinhos e boas ilusões.

igara disse...

Piramidallis, o anonimato, serve também para estas coisas, apesar de eu achar há muito tempo que o tal anónimo me está a confundir com alguém, com toda a certeza. Mais de uma vez já lhe disse, que necessitaria de se esclarecer, e de refrescar os seus pensamentos. Como até á data ele continua a insistir em coisas como o "querida", acho que ainda não devo ter sido suficientemente clara, ou então ele ainda não me entendeu,ou não quis entender.
Certamante que poderia utilizar um nick que ambos conhecessemos, mas para isso seria necessário que ele me conhecesse de algum lado, o que não é o caso. Como tal, estou resignada ao tratamento, e aos comentários, que nunca foram, de maneira nenhuma impertinentes.
Sei que me irás perguntar porque não apago os comentários, e eu vou responder-te, que não há nada ofensivo nos comentários que ele me faz, afinal de contas, ele até diz que me ama, que é por definição, algo que é objecto da nossa afeição. Se pelo que escrevo lhe sou grata, não vejo motivos para excluir os comentários.

Um beijo repenicado para ti e abracinho :)

PIRAMIDALLIS disse...

Ápagar os comentários não, a não ser que sejam ofensivos ou impertinentes...

E este Senhor misterioso não pode ser apelidado de impertinente,mas as coisas ditas no registo de anónimo não têm o mesmo sabor...

Por isso Senhor Anónimo recomendo-lhe, com todo o respeito, dê largas à imaginação, e prante em si um nome que lhe fique bem...

É que era muito mais subtil da sua parte!

PIRAMIDALLIS disse...

tinha me eskecido dos beijinhos repenicadosssssssssssss...

Coral disse...

Madrinha ... tenho uma confissão a fazer-te:
os poemas tornam-se-me incomentáveis. Acredito que são um reflexo de um estado de alma, momento de intimidade pelo que me parece ousado comentar... vive-se e basta...!

Um beijo grande e visitar-te é, de facto, apaziguador ...

Pataininiti disse...

E eu que não me queria intrometer nestas coisas de "amores platónicos", mas já tinha reparado na presença de alguém que por ser anónimo não é ninguém mas que diz sentir algo extraordinário, que só os possuidores de alma sentem. Eu cá acho o "anónimo" um bocado retraido pá!! Se arranjasse um nick, pá... uma coisa jeitosa...qualquer coisa seria melhor que "anónimo" e quem sabe até ganharia umas admiradoras pela sua paixão à moda de Shakespeare...
Beijos salgadinhos como o mar para ti, minha irmã, e também para todos os presentes. E até a ti ó "anónimo"!!!

Rats disse...

oh patininiti eu cá proponho que o anónimo se chame Romeu

LoL

callanish disse...

Tacanhos Tacanhos Tacanhos, não tinha muito mais piada se esse anónimo fosse uma anónima? Sim porra, que a minha gemea com a mania que tem de fazer saltos mortais á rectaguarda pode muito bem ter errado a trajectória e ter ido aterrar num colinho feminino! E esse colinho feminino pode muito bem ter gostado, ora! Por via das duvidas o melhor é jogar pelo seguro, por isso proponho que a proxima sugestão para o tal nick que falta seja algo que sirva para os dois sexos:p

igara disse...

Ai Deuses....
Vamos lá por partes, que eu tenho que estabelecer pontos de ordem para estas traquitanas senãoperco-me....
1)Pataininiti, minha irmã, o anónimo já disse um dia, que preferia chegar aqui desta forma, anónimo (acho que foi ele que disse, mas já não tenho a certeza). Contra factos não há argumentos, e se ele prefere, eu não vejo inconveniente, não me oponho, nem crio ondas....
não faço o género de impor coisa nenhuma, cada um sabe de si...e ele terá lá os seus motivos...
2) Romeu é um lindo nome...Mas Sanção também...Paulo também... mas, porque é que só me ocorrem nomes de fins trágicos? será um bom presságio?
3)Meu gémeo, bolas, eu até já nem dou cambalhotas dessas á resmas de tempo, na volta, já estou destreinada e acabei no colo de alguém, com as pertuberâncias certas no lugar errado....tenho que voltar a rever as minhas cambalhotas encarpadas com flip flap á retaguarda. Peço então que escolham nomes femininos também, porque se o meu irmão abriu esta possibilidade, é porque sabe o que diz! Eu confio nos fellings dele, e como da fama já não me livro...que venham os nomes, que eu quando vier de férias logo vos direi de qual gostei mais!

Ai Ai Ai... beijos e até já... :)

igara disse...

Ahhhh já agora meu irmão... ainda bem que gostaste da minha Invocação amori... :)

callanish disse...

Oh, e gostei gaja, e gostei, só que tu sabes bem que não comento os teus lindos posts em publico pá, são coisas muito sentidas e tal, sabes bem que o que eu gosto mesmo é de avacalhar ahahahahah fazer o quê? Julio de Matos? Sim, é uma hipotese... Bora? ahahahahahahah

Pataininiti disse...

Olhem lá... essa do ser efeminado... até que não é de estranhar... Assim sendo um nome que dê para os dois lados.. hum... hum... Já sei!!!!!
Roberta Close!
Acham que serve??? ehehehehhe doidossssssssssssssssssss
Beijões do tamanho dos mares!

Pataininiti disse...

Mana, se a tua intenção era apelar aossentidos com o teu lindissimo poema, conseguiste!
Se calhar é o que esperavas... mas despertaste sentimentos escondidos! ehehehhehehehhehehe

PIRAMIDALLIS disse...

Na

Romeu

e mai nada

a Igara que eu conheço não anda em cambalhotas dessas

será?

beijos repenicados

Anónimo disse...

Keep up the good work » » »