sexta-feira, junho 29, 2007

Tenho...

Tenho em mim a cor dos tempos, desse feito de momentos, em que os sonhos eram querer e a vontade era poder. Tenho as lutas e os instantes, em que exausta me quedava, envolvida pelo medo dos passos que ensaiava. Tenho os risos e alegrias, dos momentos que busquei e o orgulho assumido, concreto e tão definido de tudo o que conquistei. Tenho as dores do que perdi, dos meus sentires intrincados, das palavras mal empregues, dos sonhos alinhavados. Tenho universos de estrelas, em brilhos de amizade, partilhas doces e belas sentires feitos de verdade.
E tenho em mim o Amor, feito de entregas serenas, salpicado com aromas doutros tempos, doutras eras. Todo o Amor tem em mim, momentos de Eternidade, que imprimo na minha memória, com maior intensidade. E essas memórias, por vezes, chegam densas, incisivas, traçam marcas, sulcos fundos, definem a minha vida. São marcas escritas na Alma, em tons de dor e verdade e que autenticam o Amor, num sinal de Eternidade!


3 comentários:

PatainiNiti disse...

Lindo, lindo,lindo... a história de uma ou muitas vidas!!!! Adoro-te mana... tá maravilhoso! Bj salgadinhos

Passo disse...

tu tens tudo :) és completa :) bjokas

alexia disse...

Tens uma vida rica em experiências Igara linda:)

Sonhos, memórias, dores...sem duvida que autenticam o amor, acho que me faltava entre muitas coisas esse raciocinio! Muitas vezes duvido...mas ao ler-te estava simultaneamente a anuir com a cabeça e a sorrir!

Beijo, gosto muito de ti!