sexta-feira, junho 23, 2006

Quando se foge á rotina!!!

Todos nós, cada vez mais nos prendemos ás rotinas. É um facto assumido, somos em verdade seres de rotina. Fazemos tudo mais ou menos nos mesmo moldes, aproximadamente nas mesmas horas, com o mesmo sentido, enfim...
O que eu nunca imaginei, é que os outros se prendessem tanto ás nossas rotinas!!!!
Quando temos a veleidade de nos afastarmos mesmo que momentaneamente das nossas rotinas, há sempre alguém a extrapolar os nossos motivos.
Quem me conhece, sabe que eu sou uma frequentadora assídua de um determinado chat. Divirto-me lá á brava, faço a festa, deito os foguetes vou apanhar as canas...enfim, pareço um verdadeiro arraial de Sto António, ou de S. Pedro, ou de S. João (que a ultima coisa que eu quero é ficar de mal com os Santos!).
Nas ultimas 4 semanas motivos profissionais impediram-me de ter a minha rotina de Festas. Eu sou muito apologista da frase que diz “trabalho é trabalho....cognaque é cognaque”, decidi que para as Festas haveria tempo....e que o trabalho estaria inevitavelmente em primeiro lugar.
Depois de alguma interrupção, deparei com os comentários relativos á minha ausência que me deixaram abismada.
Sem ver de quê nem para quê, assim sem saber ler nem escrever....eu já estava a tratar do divórcio e até já tinha um caso com alguém do chat, e a minha vida estava pelas ruas da amargura!
Eu até sei que existe imensa gente a fazer figas para que o Céu me caia em cima da cabeça... eu sei que a minha disposição pode incomodar muita gente... eu sei que muito se fala do que não se sabe...eu sei da dificuldade que muita gente tem em ficar calada...eu sei que quem não sabe inventa...eu sei que há gente que se sente brilhar quando fala da vida dos outros...bolas...afinal até sei muitas coisas (até estou abismada comigo!!!).

Para quem me conhece e leu muitas das baboseiras que se escreveram, só venho esclarecer que estou bem.....nada de divórcios, nada de romances, nada de emoções fortes demais, nada de stresses nem depressões.... O meu único problema foi ter que refazer em 4 semanas uma base de dados de 2 anos.
Para quem fala só porque não tem mais nada que fazer, apenas posso desejar que morda a língua com força suficiente para que nunca mais se esqueça, de que não se deve falar daquilo que desconhece. A mentira tem pernas curtas e mais facilmente se apanha um mentiroso que um coxo!!! Agora sim....sinto-me muito mais aliviada! Ufaaaaaaa!!!!

11 comentários:

A.Feiticeira disse...

Olá olá minha linda... ora tens toda a razão, há pessoas que têm a lingua maior que a boca, e o vicio desgraçado de cag@r sentenças sem que lhes seja pedida a opinião. Vá-se lá saber porque têm essa atitude. Cá para mim, mas mesmo cá para mim, mordem-se é todas de inveja, por não serem como nós, lindas, maravilhosas, magnificas e modéstia á parte bem acompanhadas no que toca ao roll de amigos que nos rodeiam... isto já para não falar de outras coisas. Há pessoas que julgam sem se olharem no espelho, sem saberem que todos temos telhados de vidro e que um dia ainda levam com alguma pedra pelas trombas... eu confesso que me irrita profundamente quando as pessoas fazem juizos de valor sem conhecimento de causa, e se julgam com direitos para isso, que ainda é o pior... mas enfim, as atitudes são para quem as pratica. Bem, resta-me dizer-te que assim é que é, pôr o preto no branco (xiça, que raio de expressão)para que não haja confunsões e para que: a quem a carapuça servir, lhe sirva de lição e ao invés de se preocupar tanto com as kekas dos outros, uppsss, com a vida dos outros se preocupe mas é em viver a própria vida, que diga-se de passagem, deve ser uma bela merdinh@... E agora vou-me embora que me estou a enervar e ainda bato em alguém um dia destes por causa dessas merd@s... lol
ahhh, só quero dizer mais uma coisinha, para que não restem dúvidas... eu estou mt bem de amores, de kekas e afins... e tudo o que possam dizer de mim, é a pura verdade até prova em contrário... Um beijo enfeitiçado numa mistura fina de emoções e sentimentos...
PS: olha linda, foste de uma delicadeza extrema, eu tinha mandado essa gente pro c...PIIIIII
(desculpa se abusei do espaço, mas quando começo é dificil acabar...)

Spartacus-primeiro disse...

Não tenho ido ao chat. Não dei por nada, mas...a caravana passa...

lex-luthor disse...

Desconfio que frequentamos o mesmo chat e o teu post, trouxe-me á memoria uma historia identica, nesse mesmo chat e que destrui-o por completo uma sala diaria e uma amizade, que embora virtual e nalguns casos, real era verdadeira. Nessa historia tb havia divorcio, romance, e até filhos ilegitimos.A mente de algumas pessoas é muito doentia e má...mas como acima disseram os cães ladram e a caravana passa. Bjs e bfs

Pinochio disse...

Não fazia a menor ideia, minha amiga. Mas como o macaco é sabido, não por ser macaco, mas por ser velho, não me admiro mesmo nada que tenha acontecido tudo aquilo que acabaste de contar. Costuma dizer-se que há pessoas que são tão venenosas que se tiverem o azar de morder a lígua, morrem logo. Eu costumo dar o exemplo daquele homem que dizia mal de toda a gente e que quando olhava para o espelho dizia: Tu também me saiste um bom sacana. Ou então o outro para quem as mulheres eram todas p...., e os homens todos c...... Um dia estava ele a murmurar contra a reputação alheia quando se descuidou e deixou sair um valente "trac". De mau humor ripostou de imediato...E tu está caladinho porque também tens um passado vergonhoso. Este comentário não será um modelo de elegância mas retrata bem o carácter de muita gente. Um beijinho manso...e abracinho.

Star disse...

Minha querida e não viveste tu no Ribatejo (Deus te livre disso) , saberias então o que é a verdadeira cuskice, mesquinhez e negativismo... apuradíssimo!
Se bem te conheço, não te posso dizer: Não ligues... então tu com pêlo na venta!! LO!!L liga insulta-os esverdalha-os inventa uma novela mexicana para cada um deles!! Malvados,decerto não têm nada que fazer,mas tenho para mim que a razão foi apenas uma: sentiram tanto a tua falta que não olharam a meios para atingirem os fins, ou seja, ter-te de folta a qualquer preço!!

Não se faz!!

Benvinda sejas À selva!!

LOL!!


Beijinhos repenicados from me to you!!

Coral disse...

Madrinha, na verdade como sabes e por coincidência (como somos parecidas, xiça!!!)) também estive ausente umas semanitas e francamente tudo ma passou ao lado...

Desse tempo e deste em que por lá não te encontro apenas ressalto as saudes que tenho das maluqeiras do chat...

Quanto ao resto, sempre tive a plena convicção de que pode ser um meio perigoso .... há muita gente mal-formada que se esconde atrás de um nick ...

Beijos e queijos Madrinha e conta comigo para o que precisares, até mesmo para uma valente trepa (como se diz por esta bandas nortenhas)

alexiaa disse...

Pois...os chats são para mim um espaço esporádico e téneu de lazer, unica e exclusivamente isso!
Confesso que já frequentei duma forma mais assidua mas nunca consegui levar a sério as maldicências inevitáveis que por lá circulam:))
Beijinhos e boa semana!

Essa_Miuda disse...

Também ando completamente desactualizada com o chat... Entre o excesso de trabalho, a avaria no meu "querido" pcezinho e a pouca vontade de lá ir... Confesso que também nunca levei o chat demasiado a sério, e o "anonimato" que o mesmo proporciona leva certas pessoas a pensar que podem cometer todos os excessos e mais alguns!! É tudo uma questão de educação, postura... ou frustração, sabe-se lá...Os actos ficam sempre na consciência ou inconsciência de quem os pratica e não vale a pena dar-lhes o valor que não merecem. Fica bem Igarita, um beijinho grande pra ti.

Tacitus disse...

Cara amiga, devo dizer-te que não sou fã de chats (excepto o msn que não é bem um chat) mas respeito essa opção. Quanto aos "filmes" e aos boatos concluo que eles são tão fáceis de se erguer que o truque está mesmo em saber desmascará-los e desconstrui-los...tal e qual aqui o fazes. Boa semana e uma beijoca doce ;)

Maria disse...

Pois é, igual em todo o lado.
Dos chats não tenho qualquer tipo de conhecimento, whatsoever, mas do que me diz a experiência (ainda que breve) as pessoas não lidam lá muito bem com o bem viver dos outros. Eu nem lhe chamo felicidade porque para mim felicidade é muito relativo.

É sempre mais fácil apontar o dedo do que parar e verem-se verdadeiramente ao espelho.

Martha disse...

a rotina é sem duvida algo que nos faz pensar se vale apena viver...que nso faz pensar se isto é que é vida, se isto é que somos nos...sempre igual, sempre da mesma forma, sempre o mesmo acordar, japara nao falar do deitar!!! segundos que se repetem e que nos ferem como setas que sabem bem o seu percurso. segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, seculos....sempre com a mesma finalidade, sempre com a mesma rotina doentia que em portugal a propria rotina ja se tornou rotina...é perciço mudar esta situação e rapido. beijinho