quinta-feira, janeiro 18, 2007

Acordes

Nesta musica componho,
Acordes de pensamento...
E deixo vogar a Alma,
Ao sabor deste meu tempo!
E trauteio cada Verbo,
Na existência de um olhar...
Conjugando docemente,
As formas simples de Amar!
Vou amando o que me prende,
O que busco indefinido,
Como fogo que se acende
Que faz chama e se extingue!
Neste constante devir,
De que faço acordes vãos...
Fica apenas o Sentir,
De toques leves de mãos!

14 comentários:

Tacitus disse...

Porque de acordes a vida é feita, deixo um (O)Lá e um Fá. Bom resto de semana!

igara disse...

Tacitus Tacitus, quando escrevi este texto, pensei em dar-lhe o nome de Acordes de Vida, fiquei-me pelos Acordes, pensando que alguém me leria o resto! Pelos vistos não me enganei! Beijos beijos e mais beijos (tu sabes que hoje estou assim, lol)!!!

nene disse...

A vida é uma constante melodia em que mudamos os acordes dia após dia!
Gostei muito!
Um beijinho:)

Vlad disse...

De facto a música está em tudo não está? Pelo menos para quem a quiser ouvir ...
Bjnhs ;)

alexiaa disse...

Ou desapareço ou não saio daqui:)).

Hoje sinto facilidade em vogar a alma ao sabor deste teu acorde...

Beijo terno

bono_poetry disse...

a caixa tosca a que me referia...esta aqui...es muito inspiradora...um invulgar momento de relaxe senti agora ao te ler....ja sao varios momentos que aqui sinto...obrigada...um beijo

sarapatica disse...

Olá. Nunca pensei que alguém se desse ao trabalho de pesquisar, não era minha intenção. Algumas meninas das dietas é que poderiam já ter conhecimento do assunto, de qualquer forma estou muito grata, foste muito simpática. Ás vezes também deixo rolar a minha faceta poetica não sei se espreitaste o meu blog, +as vezes coloco um ou outro. Mas é por gosto, não tenho esse jeito , nem escrevo tão bem. Beijinhos e obrigada.

Coral disse...

Madrinha...

Deixei-me embalar na melodia dos teus Acordes de Vida...

Visitar-te é um bâlsamo de doçura e de indubitável intensidade.

Um beijinho grande e um excelente fim-de-semana (que nele vivas alguns dos momentos da minha listinha ... hihihihihi )

E, despedindo-me do mesmo jeito ;):

"onde estará o meu amor
se avoz da noite responder
onde estou eu
onde está você
estamops cá dentro de nós, sós... "

KI disse...

Que tu escrevias assim eu sabia, mas estes dois últimos não há palavras para comentar... e depois a música, bem escolhida...ulalá...

Magníficos...

Beijos com estrepctococus, estalaficocus, bacilos e um xi esmifradinho a estalar os ossos (arrepiaste-te??)eheheheheheheeh!!

Pinochio disse...

Querida Igara quero, antes de mais, pedirte desculpa pela ausêncoa, não...não me esqueci de ti, tenho estado adoentado e tenho andado longe destas andanças.Deixei-me apanhas aí por um vírus qualquer que me tem metido na cama. Agora parece que as coisas se estão a recompôr. Eu nunca me iria esquecer de ti como sabes.. Regressei e fui brindado com um pema, mais um, muito bonito. Este acho-o particularmente feliz, porque eu sempre comparei a mulher ao violino. Só os grandes executantes conseguem estrair dali melodias fascinantes e celestiais, Não basta ter a vara e o violino, é preciso saber tocar nas cordas com a sensibilidade a arte e o saber que só os grandes artistar têm. Só eles conseguem tirar melodias de sonho daquelas formas graciosas e delicadas e daquelas cordas tão sensíveis. Como eu sempre tentei ser um desses artistas. Um beijinho manso e melodiosos minha doce amiga.

Conceição Bernardino disse...

Divinal


Amigo,
Parte integral de liberdade
Alguém com quem saboreamos tudo
Expulsamos o preconceito, ambiguidade
A quem oferecemos o olhar mudo
Amigo,
Não importa quem és,
De onde vens
Se estás presente ou ausente!
Amigo,
Alguém que sinto
Que está sempre comigo...

Conceição Bernardino
Tenham uma boa semana com muito amor

Meus blogs http://amanhecer-poesia.blogspot.com

http://sentidos-visuais.blogspot.com

bono_poetry disse...

onde andas musa inspiradora?...um beijo...e sim ...estas perto..

luar perdido disse...

Tantos acordes de beleza, oh Deusa inspiradora da musica celestial do Viver, Sentir e Amar. Está lindo Igara, como sempre. Leves toques de mãos que extraem a beleza simples e unica das formas do verbo amar.
Beijo doce e terno repleto de mansos raios de luar.Boa semana

Passo disse...

hum .. bela musica linda :) kem canta dessa forma deve arder lentamente ao sabor de toques leves de mãos heheh ;) ta tudo bem ctg?? bjs