sexta-feira, maio 12, 2006

Hoje

Hoje,

Não mentiria,

Ao dizer que te Amo!



Hoje,

Ficaria embalada,

Nos teus braços!



Hoje,

Exigiria os beijos,

Que me dás e que não sinto!



Hoje,

Ficaria envolta,

Nas palavras com que me brindas!



Hoje,

Pintaria a tua tela,

Em cores feitas por mim!



Hoje,

Temeria o despertar,

Com medo que de tanto te sonhar,

Te pudesse perder, no acordar!

10 comentários:

Ana disse...

Namaste,

gostei muito do teu blog. jinhos muito luminosos

marisa disse...

A Igara com uma imagem destas?
Gostei muito e da imagem também, poucas palavras, muito sentimento.
Beijokas linda.

Pinochio disse...

Querida amiga aceitas uma sugestão de um velhote que já quáse só sabe falar de ontem e conjugar no passado? Não? Mas eu digo na mesma, tá? Substitui o hoje por amanhã, e substitui a conjugação dos verbos do condicional para o futuro. Vais ver que o poema vai soar-te muito melhor.

Pinochio disse...

Desculpa lá esqueci-me dos beijinhos mansos. Toma lá muitos.
Imperdoável!

Vlad disse...

Compreendo-te... existem conjugações na vida que serão sempre no condicional... apenas no mundo paralelo do sonho existem no afirmativo. E tem de ser assim. De qualquer modo é também essa a matéria que sublimamos em poemas como este... desse modo o condicional afirma-se no presente e dá um futuro ao passado... e um outro mundo ao poeta ;)
Beijinhos (mansos) ;)

crowe disse...

e aqui reposei as asas cansadas... revigorei a alma e alimentei o espírito... um beijo docinho e um enorme... enorme abracinho!

Coral disse...

As eternas impossibilidades que um dia foram possibilidades efeméras ...
E que em nós acordam o lado nostálgico impulsionador de palavras sentidas, gritos de alma apertada de saudade mas crescida na razão...
Um beijo Igara sempre envolto de ternura pelos textos acabador de ler...

Anónimo disse...

Que ser maravilhoso que és para alem da fantastica mulher bem humorada que aparentas,jinhos.
realcemarisa

Cassio disse...

Falou directamente á minha alma este 'poema...
Bonito, simples e o conjugar dos 'verbos... lamento discordar pinochio...mas soou-me perfeito... :)
Beijos

Carolas disse...

O q interessa é q mesmo q já tenhamos amado no passado, estejamos a amar no presente, continuemos sempre a amar no futuro;)