terça-feira, maio 23, 2006

Tristeza



Estou triste!
Esta tristeza que chega sem tempo
Esta tristeza que vem mansa,
Que se instala, que me cansa.
Os pensamentos só a aguçam,
O tempo só a agudiza,
Sinto-me assim perdida,
Navegando aqui vazia...
É novo este sentimento,
Que chegou vindo com o vento,
Carregado de memórias,
Trazendo á lembrança histórias
E é no meio de pensamentos,
Que vou traçar o meu caminho,
Já sem pressa na chegada,
Caminho....devagarinho!

12 comentários:

Anónimo disse...

Vazio


JÁ NÃO HÁ ESTRELAS
JÁ NÃO HÁ LUAR
SÓ A NOITE SOMBRIA
SE DESENHA NO AR
JÁ NÃO TENHO SONHOS
JÁ NÃO TENHO ILUSÕES
APENAS O VAZIO
DOMINA AS EMOÇÕES
JÁ NÃO TENHO IDEIAS
NEM HISTÓRIAS BANAIS
SOU UM ZIGUEZAGUE
QUE ESTICOU DEMAIS
QUIS VIVER UM MINUTO
COMO SE FOSSE UMA HORA
E AGORA O TEMPO
TAMBÉM SE FOI EMBORA
NADA TENHO PARA DAR
PORQUE NADA SOU
A MINHA SOMBRA
JÁ NÃO ESTÁ ONDE ESTOU
O QUE FUI JÁ RUIU
A VONTADE SUMIU
QUANDO UM DIA ACORDAR
VOLTAREI A SONHAR

Anónimo disse...

Não era anónimo o do poema anterior era eu mesmo - Rats.

Tacitus disse...

"Sobre as asas do tempo, a tristeza vai-se embora"...um abraço e FORÇA!!!!

igara disse...

Rats, que nunca, nenhum vazio, te retire a capacidade de sonhar. Os dias, que precedem as noites deveriam por si só ser o garante dos nossos sonhos.

Um beijo rats, sem vazios, que te chegue manso e te envolva em sonhos :)

Lobaaaaaaaa disse...

Queres partilhar tristeza? Beijos.

igara disse...

Lobinha, talvêz num outro dia. A tristeza quando chega, necessita de tempo para ser pensada. Sei que posso procurar-te e farei isso quando ela se definir nos porquês...Um beijinho salgadinho, como o Mar :)

Rats disse...

Acho que devíamos fazer um blog... juntos... os não anónimos que aki postam... pensem nisso...

Essa_Miuda disse...

O melhor dos momentos de tristeza ... é saber que os dias de chuva dão sempre lugar a dias de sol ... ;) Um beijo doce, Igarita... Mudei de blog... os "sapóides" finalmente, acabaram com o meu!

Anónimo disse...

Bem o que posso dizer-te?
Que o tempo cura tudo,apesar de deixar as suas inevitaveis marcas.
Há pouco tempo passei por uma perda terrivel,perda que deixa dor e saudade,mas tentei ver a morte noutra prespectiva.Tento ser forte.
Força, tu és uma mulher extraordinaria.
real

Pinochio disse...

Doce amiga, que poema tiste este!
Devias estar invadida por alguma tristeza quando o escreveste. Parece-me demasiado sincero para ser apenas ficção. Há momentos assim na vida de todos nós. Momentos em que caminhamos sem pressa de chegar, (Lembras-te da Joana do texto da solidão?). São em muitos casos momentos por que passamos mas que, por norma, são substituídos pouco depois por uma fase de maior optimismo. Acredita que em breve aprressarás o passo para chegares rápidamente ao teu destino. Garanto-te eu. Se isso não acontecer, ou os anos não me ensinaram nada, ou o caso é mesmo sério. Se fosse esse o caso, e não é certamente, tens aqui um ombro, mas principalmente um amigo para te apoiar...se tiver talento para o fazer. Um beijinho manso e alegre.

Vlad disse...

Os momentos de tristeza são como os aviões ... uns levantam voo outros nem por isso ;)
O positivo de alguns desses momentos é que pessoas como tu conseguem canalizá-los para a construção de coisas belas, como poesia.
Beijos

Carolas disse...

A tristeza é angustia da alma,podemos tentar vencê-la pela alegria de ter quem goste de nós e gostar muito de alguém